terça-feira, 31 de maio de 2016

Noam Chomsky - Porque não sou um liberal

Noam Chomsky traça uma linha direta unindo liberalismo clássico e socialismo libertário.


A diferença entre o liberalismo atual (neoliberalismo) e sua origem é gritante. Inclusive um não se relaciona com o outro. Por outro lado, o que o mainstream (corrente dominante, seja na mídia, nos empregos ou nos círculos familiares e sociais) aponta como antagônico - socialismo libertário x liberalismo clássico - são, na verdade, parentes próximos. Um (socialismo libertário) é um desenvolvimento (atualização) do outro (liberalismo clássico), que considera a entrada do poder dos grandes conglomerados privados - as entidades mais nocivas e influentes nos dias atuais, a meu ver.

Estar ciente dessa realidade, desse transformismo, é pré-requisito para falarmos dizendo algo, e agirmos de modo eficaz, e portanto, unificador.

Sem mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário